domingo, 13 de dezembro de 2015

D I Á L O G O


Fala, Adonai, porque o teu servo ouve”. I Sm. 03. 09





Desde o início, que o Todo-Poderoso, sempre quer dialogar com a Sua criação. Nós vemos isto super patente em toda Escrituras desde Gn. 03.08-09 até o final dos escritos sagrados. Isto prova que o diálogo é pertinente em tudo o que planejamos ou tentamos realizar mas, com a aprovação Dele. No texto acima é um ousado menino. 

Não existe relacionamento entre seres humanos sem dialogo, sejam entre duas, três pessoas ou uma família de muitos, que resista aos embates das decepções, duvidas, tristezas ou perdas. Pois estas coisas definham e destrói atingindo até outros, que tentam ajudar ou apenas se aproximar dos fatos. E sabem por quê? 
Existe uma “estória” que se encaixa na situação da humanidade em todos os âmbitos, com raríssimas exceções: “Conta-se que houve uma reunião de anjos maus, em busca de uma formula para destruir de uma vez não apenas um, mais todos em cascatas até não sobrar (no ponto de vista deles) nenhum ser humano. Como o principal deles estava presente, ninguém se atreve a falar. Então subitamente o principal nota um deles bem encolhido, raquítico, mas, de olhar que traduzia toda a malevolidade. Perguntou: Que dizes? Esgueirando-se ele falou calculadamente, vamos destruir qualquer meio de “dialogo” que beneficie seja o que for, desde a vida no planeta até ao mais ínfimo ser (pensou ele) desta odiosa humanidade. Aplausos geral...”  E o que vemos?

Quando as Escrituras fora transmitidas, para nos servir de bússola, contendo em várias passagens tudo que é o melhor para nós, também avisa nos capitulos 27-30 de Deuteronômio e termina assim:  “O céu e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti de que te pus diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois a vida, para que vivas tu e a tua descendência, amando ao teu Criador e dando ouvidos á Sua voz...” (Dt.30.19-20)  FIZEMOS?

Se tivéssemos feito, haveria Shabatot para descanso das coisas do cotidiano mas, deleite em adoração e louvor; as Moedim (Festa) ordenadas se cumpriam com descanso mas, muita alegria na presença do Eterno;  nosso Planeta  teria seu descanso Shabatico e refasimento no cultivo terra também ordenado pelo Criador (Levítico 25.3-4), assim como mostrou para nós o verdadeiro amor. Devido a nossa desobediência, hoje a Terra está gemendo com bilhões de pessoas que em sua maioria, não cuida dela e nem a ama juntamente com os que neste planeta estão.
E tudo isto pela falta de querer ouvir e não somente pedir, ao Pai Eterno nossas minúsculas metas de aquisição, tão egoísticas que nem abrange nossa sombra.

SIM, o Eterno fala, o que nos impede de ouvi-LO?

Nas Escrituras tem exemplos múltiplos: Aqui o profeta adverte a um rei: ...tu, porém, espera, para que eu te faça ouvir a palavra de Elohim." I Sm.09:27  

Portanto, comecemos hoje a dialogar com Ele para ouvi-LO e também com quem nos rodeia ou convive, para podermos através de nossa ATITUDE EXEMPLAR, contagiar até a humanidade e só então, podermos cobrar das autoridades á cumprirem o que elas pelo nosso incentivo, venham a ter vontade de o Eterno ouvirem e escutarem, realizando em prol de todos, as bênçãos que Ele já nos deu. 

Asnat Bat Yochanam



domingo, 28 de abril de 2013

O valor do S E R V O










“Porque os filhos de Israel (o povo que pertence ao Eterno que estejam em qualquer parte deste planeta também) são Meus servos; Meus servos são eles, aos quais tirei da terra do Egito. Eu Sou o Adonai vosso Elohim.”  Lv. 25:55





Cada Shabat nos reunimos para aprender mais a nos transformarmos e sermos como o Pai almeja que sejamos. 
E como estudamos as porções “ano-a-ano”, alguém perguntou-nos: Vocês “só” estudam as mesmas coisa???  Respondemos sim. MAS não são as mesmas “coisas” cada vez (“...como as Escrituras se renovam a cada manhã.”) sempre tem ALGO novo que aprendemos uns com os outros sob a direção do Alto, desde fatos que devemos aplicar as nossas vidas com o que mudar em nosso caráter. Sim porque geralmente, aos nossos próprios olhos somos “perfeitos” os outros são os defeituosos, desobedientes, desamoráveis,  radicais e vaidosos... Então perguntei:



Por exemplo: Para você o que é ser servo?



Resposta: Há, é fazer os serviços seja o que for e 
                 logicamente ser pago é claro.



No entanto, para nós ser servo do nosso Criador é algo tão importante que foge até a nossa compreensão e entendimento lógico, pois o verdadeiro  SERVO, é assim:



1)     Sê-lo, não é apenas obedecer porque vai ser bem“recompensado”, MAS, ter alegria e prazer em OBEDECER em tudo, mesmo que esta obediência nem condiga com nossa vontade (porque nós não sabemos escolher e as Escrituras diz: “...que nosso coração é enganoso.” Por isso, preferimos NÃO agir segundo o que desejamos, mas lutamos por saber esperar na solução que vem Dele, embora aos nossos olhos “imediatista” demore à chegar;



2)     Em quase todas nossas “decisões” SE nós não colocamos nas mãos de Quem sabe nos ajudar a discernir, erramos. E muitas vezes esses erros são irreparáveis, porque em nossa “presunção” nos achamos dono da última “palavra” mesmo que assim magoe ou até destrua uma vida, que SE tivesse sido “trabalhada” nas doces Mãos do Eterno, que É sempre o Melhor oleiro, teria saído um verdadeiro primor;





3)     Raramente nós temos a humildade de dizermos me perdoe (mesmo que o magoado fomos nós...) nossa "auto-suficiência" é tamanha que ao nosso vê precário e raquítico, assim fazendo, estamos nos depreciando, nos rebaixando... Em vez de reconhecer que ao contrario do que pensamos, estamos crescendo espiritualmente, moralmente, diante do Pai Celeste e dos que nos rodeiam;





4)     Viver  é um arte, dizia meu pai de saudosa memória e até hoje ainda rememoro meditando nesta premissa, sem ter chegado a uma conclusão. Sim porque viver é saber agradar ao nosso Eterno Criador, que nos Liberta, Redimi, Salva, Ama, Cuida, Sara, é Longânimo (quem  sabe o que é ser LLOONNGGAANNIIMMOO ???   Porque eu por mais que tente compreender ainda não consegui entender...) Mas, penso que viver agradando ao nosso  Eterno Provedor, é , enxergar  e tentar compreender meditando “de dia e de noite” nas Suas Escrituras como diante de  um espelho, tão meticuloso que é ele (este espelho) que aponta e descobre onde devemos ser consertados para melhor;



5)     Orar, (fazer tefillah) sempre é um grande auxílio. Pois e nesta atitude de um VERDADEIRO servo submisso que nos grandes momento acontecem... Falamos, rogamos, choramos e as vezes nem fazemos NADA porque a presença Excelsa é tão Magnífica que silenciamos para tentar ouvir o doce conselho do entoar da Sua canção de amor em nosso socorro.  TUDO enfim se resumi nisso. E é tão maravilhoso servir e pertencer a Este Adonai, que milhões anos só cantando Sua Glória não representaria AINDA, nada.  





Sejam abençoados, para juntos aprendermos o valor de ser servo Dele e testemunhar com a nossa vida em palavras e ação esta incomparável liberdade, de saber encurvar-se ao sabor da brisa como o trigo ou seja totalmente submissos a vontade do Criador.
 

Asnat bat Yochanan

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

E X P E R M E N T E










Thellin  (Salmo)   139 
    

Neste belíssimo salmo vemos toda a Grandeza do Eterno  e nossa pequenez e dependência de Sua Misericórdia, por isto e tudo que Dele provém, seja dada TODA Glória.


Mas, ontem ao rever “o pequeno príncipe” é que notei como nós gostamos e insistimos até em ser a “rosa” com todas as exigências, ter em torno de nós as atenções, nem que seja na base de um “apelo” ingênuo e falho.  Esquecemos que fomos escolhidos como povo do Eterno, à  atuarmos como sacerdotes... Imponente título, o é, e responsabilidade?  A primeira é  SERVIR, a segunda é SEPARA O SANTO DO PROFANO e a terceira ENSINAR.
Seguindo   este   raciocínio   veremos: 


S e r v i r:  Entendimento que a palavra em si já nos coloca, que é SEMPRE estar disposição do “outro” seja este encargo agradável ou não dentro dos “nossos padrões” de vida...  Um dos exemplos, o Meigo e Firme Arão;


S e p a r a r = Santo do Profano: Neste, envolve TODO nosso entendimento possível, das Escrituras, já que atualmente os valores estão tão obsoletos e distorcidos que para a maioria “o amargo é doce e o feio é bonito”  e ainda digo mais, as coisas ruins se tornam “aceitáveis e até ensinadas” fora das Escrituras... Um dos exemplos, o Manso e Humilde  Moisés; 


E n s i n a r: Havemos de dizer “como ensinar (?)”,  meio principal é através das  Escrituras e outra um pouco mais difícil e no entanto é o que fica, é quando conseguimos mostra ISTO através de nossa própria vida, que deve ser pautada  neste Palavra inigualável segundo os Mandamentos, juízos e preceitos... Um dos exemplos, o Intrépido Josué.


Agora, podemos pensar como a “rosa” ou seguir os concelhos sábios de Deuteronômio capítulos: 27 – 30,  depois de meditar calmamente escolher, fácil assim, tudo na realidade é uma questão de escolha. 

Pois está terminando o ano “comum” no qual vivemos o dia-a-dia, somos tão abençoados que não desejo para nós nada além do que  o b e d e c e r  e  tentar praticar  o que neste texto nos recomenda, expermente e juntos vermos que  a felicidade não é um mito nem muitos menos somente momentos...  E sim viver  “a sombra do Altíssimo” rogando a Ele para nos “...vê se há em nós algum caminho mal e nos Guiar pelo Caminho certo.” 


Asnat Bat Yochanam





    

    


terça-feira, 11 de dezembro de 2012

ENXERGAR PARA ENTENDER

HOJE, lamento profundamente não saber o idioma ingles e depender de um "tradutor público", mas este Homem, traduz tudo que penso e sinto por isso grifei algumas partes (espero que ele entenda). Que o Eterno o abençoe e o guarde assim como a Terra que tanto amamos.











Uma carta aberta aos países europeus         



Caro europeus,



Você convocou os nossos embaixadores para ser repreendido sobre a coisa mais natural na terra: resolver os fatos de nosso próprio país. Você entendeu errado. Nós nunca resolvemos em "território palestino ocupado." 
Este é o nosso país, a pátria do povo judeu só. Nós não viemos a Israel por causa dos programas ou o Holocausto. Nós não pedimos para nos fazer nenhum favor "aos palestinos", “despesa ", porque outros países tiveram um hobby de séculos,  destruir, matar e exterminar os judeus.



Voltamos para casa porque era o que nós queríamos, com todas as nossas almas, para as gerações. Nós nunca desistimos do sonho de retornar a Zion. Não importa sobre a terra onde eles estavam os judeus rezou voltado para Zion. Três vezes por dia eles pediram permissão para contemplar o retorno a Sião com seus próprios olhos. Mesmo que eles agradeceram ao Eterno cada vez que eles comeram pão, rezavam sempre na graça após as refeições: "Tem piedade de Sião" e "Constroe Jerusalém rapidamente, em nosso próprio tempo." No momento mais feliz de suas vidas, noivo e noiva jurou o juramento de exilados de Sião, "Se eu me esquecer de ti, ó Jerusalém, que minha mão direita esquecer-se." Mesmo durante o exílio, o ciclo do ano judaico foi definido de acordo com as estações do ano agrícola na terra de Israel. Nosso povo começou a voltar para a nossa terra em grupos de forma constante de cultivo de mais de cem anos antes do movimento sionista ser estabelecido.



E na terra mantiveram a fé como a sua própria. Ele nunca aceitou outra nação. Depois que foram exilados, nenhum estado nunca existiu aqui. A maior parte da terra ficou desolada durante séculos. Nômades passaram por ela. Depois que o Segundo Templo foi destruído no primeiro século dC, muitos judeus permaneceram lá. Eles sobreviveram a ocupação cristã até o século VII, quando os muçulmanos ocuparam a terra e deu os judeus duas opções: a conversão ao Islã ou exilio. Aqueles que se apegou ao Elohim de Israel foi para o exílio. Aqueles que se apegou a terra de Israel se converteu ao Islã. Eles viviam como  anousim - convertidos forçados - da Espanha para uma geração ou duas e depois foram assimilados. Que ironia histórica - o real veterano entre os árabes em Israel têm raízes judaicas. A maioria do resto chegou depois que começaram a voltar para casa. Como os imigrantes muçulmanos em seus países, os muçulmanos da região vieram para a terra de Israel à procura de trabalho. Muitos deles chegaram aqui quando os ingleses conquistaram o país.



O britânico se comportou cruelmente para com os judeus e os impediu de voltar para casa. Mas eles não prestaram atenção aos árabes do Oriente Médio, que entraram em Israel sem impedimentos. Aliás, em 1948, muitos dos árabes deixaram Israel a conselho de seus líderes, que lhes disseram para ficar afastado até que eles tivessem acabado com os judeus. Para eles, a Organização das Nações Unidas alterou a definição de refugiado: qualquer pessoa que viveu na terra de Israel, dois anos antes de 1948. Você entende que durante a primeira metade do século XX, centenas de milhares de árabes chegaram aqui e até hoje eles afirmam que o "direito de retorno".

Caro europeus, você também tem uma parte nessa farsa.



2. Palestina - na verdade, Palaestina - é o nome que os romanos deram à região no século II dC para eliminar todos os vestígios da conexão entre os judeus e sua terra. Os árabes da área ansiosamente adotaram este nome romano que recordou os filisteus, essas nações marítimas que tinham invadido Canaã mil anos antes. Eles também adotaram a intenção romana de aniquilar toda a conexão entre os judeus e sua terra. Grande parte do tempo, eles também tentaram eliminar toda a conexão entre os judeus e as suas cabeças. Eles invejavam-lhe a sua história.



Você presume que pode tentar resolver o conflito entre nós e o mundo muçulmano, mas você não pode sequer lidar com a ocupação muçulmana de suas próprias cidades. O dia não está longe, quando milhões de imigrantes muçulmanos se levantará a exigir uma parte do seu país: a autonomia islâmica, a partilha da terra - ou, se você persistir em não ter filhos - uma aquisição islâmica realizado completamente adequadamente democrática e politicamente meios corretos. O que você vai fazer então? Seus instintos de sobrevivência foram dubios há muito tempo. Você acha que, se você cooperar com a mentira árabe, você vai comprar-vos paz e tranqüilidade. Você acha que você nos sacrificar no altar de seus interesses de curto prazo, você vai ser deixado sozinho. É sua memória que realmente curta?

Você é realmente tão surdo que não ouve a multidão gritando em suas ruas?



Você esta confundido a nossa história com a sua. Vocês foram os colonizadores, os que roubaram os países que não pertencem a você, chamou fronteiras impossíveis que cruzaram através do território tribal e opostos unidos (ver Síria, Líbano e Iraque) e condenou regiões inteiras para uma guerra sem fim e você planejou para aproveitar de seus assuntos infelizes por tanto tempo quanto você poderia.



O que fizemos foi para voltar para casa. Nós não somos colonizadores estrangeiros. Nós somos os únicos herdeiros legais desta terra. Nós não viemos de volta para Tel Aviv, mas, principalmente, para os locais onde a nossa nação nasceu e tomou forma: Judéia, Samaria e Jerusalém. Você conhece a Bíblia, certo? Uma pessoa não pode ser um ocupante em sua própria casa.



3. Ainda assim, temos tentado muitas vezes ao longo dos últimos cem anos para chegar a um compromisso com nossos vizinhos sobre a nossa própria terra. Afinal de contas, nós somos pessoas racionais. Nossa lei antiga ensina que, quando duas pessoas que tomam conta de uma capa, ao mesmo tempo, cada um dizendo: "É tudo meu", devem compartilhá-lo. Nós nunca acreditamos que a reivindicação árabe de que "é tudo meu". Esta terra nunca foi deles. Não contente com a enorme quantidade de terra ao redor de nós, eles também cobiça o cordeiro do homem pobre dos judeus, o nosso país. No entanto, estávamos dispostos a ceder em um quarto ou dois de toda a casa, mas isso não muda nada. O objetivo dos nossos vizinhos abertamente declarado não era um Estado independente, mas a completa destruição dos judeus em sua própria terra. Eles nunca tiveram a intenção de dar a sua fantasia de destruir o pequeno Israel, mesmo com as fronteiras imprudentes Ehud Olmert ofereceu-lhes em 2008. Isso aplica-se ainda mais fortemente para as fronteiras desenhadas em Oslo pela equipe de sonhadores no governo Rabin. O que não poderia realizar pela violência, eles tentaram ganhar na negociação. Quando eles se cansaram,  eles voltaram a infilrar-se em nossas cidades. Eles voltaram para negociar mais uma vez e durante os intervalos, entraram na sala ao lado e dispararam foguetes contra nossas creches. É uma espécie de hobby. Combatentes da liberdade, você entende ...



A verdade é simples e assustadora e você no Ocidente simplesmente não entende. Infelizmente, a nossa própria esquerda aqui em Israel não entende tanto. Parece muito primitivo e estúpido. Tente se lembrar de quantas vezes sobre sua longa história você desconsidera verdades apenas porque soava muito simples ou sofisticado. Ao contrário das modas na filosofia que tomou conta do continente a realidade é muitas vezes simples e clara.




4. Mas o seu juízo de realidade foi corrompido há muito tempo por uma maneira de pensar que parece idealista para você em sua demanda para a paz a qualquer preço - mesmo com o preço de seu suicídio ou o nosso suicídio. Vocês ainda buscam essa paz, mesmo quando os nossos vizinhos mostram total desinteresse nas muitas propostas que tenham sido estabelecidas em sua porta. Eles até dizem - mas não em Inglês, não a você. Eles dizem ao seu próprio povo abertamente, em árabe simples. Recentemente eles fizeram em Inglês a partir da plataforma do orador da ONU, diante de seus próprios olhos. A mentira nunca foi mais evidente, mas você ainda insiste em agarrar a bainha de seu manto imundo, gritando "Eureka!"



Agora você repreender-nos para a nossa intenção de construir unidades habitacionais em nossa própria terra. O que é esta terra sem os nosso povo? O que Jerusalém será sem a nossa nação? O que é a civilização ocidental é sem os judeus? Israel é o posto avançado do Ocidente.   Islam entende isso.     É por isso que está lutando contra nós e usando vocês contra nós. O retorno para Sião não é um assunto para o povo judeu apenas, é do seu interesse, bem como os europeus estimados. 

Sem o retorno a Sião, você também irá perecer.





Dror Eydar
Fonte:

Israel Hayom   FONTE

sábado, 1 de dezembro de 2012

Até QUANDO ???



A O.N.U. ACABA DE RECONHECER PARCIALMENTE O ESTADO DA PALESTINA"

 



"Nações Unidas (ONU), 29 nov (EFE).- A Assembleia Geral das Nações Unidas aprovou nesta quinta-feira por maioria absoluta uma resolução que reconhece a Autoridade Nacional Palestina (ANP) como um Estado observador não-membro." 
fonte:  http://br.noticias.yahoo.com

COMENTÁRIO

A ONU acaba de reconhecer, pelo menos parcialmente, o "Estado" da Palestina. O curioso é que o nome "Palestina" deriva do nome "Província da Palestina", utilizado pelo imperador Adriano como o novo nome para a "Província da Judéia". 

Em seu ódio contra os judeus, Adriano escolheu deliberadamente o nome "Palestina", extraído da obra do historiador grego Heródoto, e cuja raíz é o nome hebraico "Feleshet" (Filistéia), como forma de homenagear os maiores inimigos dos judeus.

Semelhantemente, líderes árabes já afirmaram com todas as letras que a existência do Estado Palestino tem por principal objetivo de eliminar Israel. O mesmo plano de Adriano. Plano esse que as Nações Unidas acaba de legitimar de forma covarde.

Ai de vós, nações do planeta, pois é contra YHWH Elohim que se levantam em vossa iniqüidade. E o Dia de YHWH não tardará a chegar. Ele não se calará diante desse ato monstruoso, e o destino das nações será o mesmo de todos os impérios que se levantaram covardemente contra o pequenino servo de YHWH.

Ai do Brasil, e de todas as nações que juntas assinaram esse ato de iniqüidade, pois YHWH disse do Seu povo: Amaldiçoarei os que te amaldiçoarem. Tempos terríveis virão sobre aqueles que contribuíram para esse ato de iniquidade. E serão feridos pela mesma serpente que ajudam a criar, pois o ódio do Islã se voltará contra o Ocidente. E, em sua angústia, conhecerão que YHWH é Elohim sobre toda a terra.

Nós, judeus, agradecemos aos EUA, ao Canadá, à República Tcheca, Palau, Nauru, Micronésia, Ilhas Marshall e Panamá, que tiverem a coragem de defender a justiça e a retidão. 

Apesar do mundo se voltar mais uma vez contra nós, reafirmamos nossa confiança em YHWH:

"Não temas, tu bichinho de Ya'akov, povozinho de Israel; Eu te ajudo, diz YHWH, e o Teu Redentor é o Santo de Israel." (Yeshayahu/Isaías 41:14)

YHWH, ouve o nosso clamor, e manifesta a Tua misericórdia para com o Teu servo. Perdoa nossas transgressões! Redime o Teu povo do Exílio, ouve as lágrimas dos teus filhos diante da nossa angústia, e salva-nos das mãos dos nossos inimigos, pois é o Teu Nome que blasfemam as nações idólatras, e o Teu monte que ocupam com imundícia e iniqüidade. Atenta para a nossa oração e vem ao nosso resgate, pois só Tu podes nos salvar! Faz cessar de correr o sangue inocente de nossos filhos nas mãos dos nossos opressores, e guarda os portões do Teu povo, pois somos chamados pelo Teu Nome. Amen.

fonte: Torahviva.org
 

GANÂCIA, USAURPAÇÃO X CONHECIMENTO PARA OBEDIÊNCIA



"Não temas, tu bichinho de Ya'akov, povozinho de Israel; Eu te ajudo, diz YHWH, e o Teu Redentor é o Santo de Israel." (Yeshayahu/Isaías 41:14)

 

O que mais me entristece é presenciar pessoas diplomadas votando a favor do ERRO mais antigo do que a “instituição” que abriga decisões de países (inclusive o meu) a favor de algo que o CRIADOR de TUDO não concorda.  SIM, afinal as “faculdades” rejeitam ou ensinam errado as Escrituras e os nércios vam na onda.  Pois manter Paz, não é “tirar a sua família de um lugar que foi adiquirido por você, afim de que os invasores se abanquem”...

Tem aqui em meu pais ALGO bem parecido com esta farça. Os “interessados” arranjam “testa de ferro” para invadir, saquear e até matar, em prol de uma igualdade, (...os pobrezinhos de dia ficam em cabanas ou acampamentos arranjados, MAS à noite tem TV de plasma, carro do ano... E por aí vai... ISTO TUDO CUSTEADO PELO NOSSO BOLÇO ATRAVÉS DE IMPOSTOS ABSURDOS) que só tem ressonância nos bolsos dos mais interessados... Isto nunca foi e nem será reforma agrária, tão cantada... Porque os “interessados” que são colocados por nós para defender nosso interesses, não EXAMINAM a FUNDO tudo ISTO, porque como trabalhadores assalariados por nós, PREFEREM FAZER VISTA GROÇA?

Do mesmo jeito é o fato público entre uma Nação que está virando uma ervilha de tanto ceder terra, em pro de uma Paz que ninguém quer ter... Pois o que eles querem é a terra TODA.    

 

עבדיה, Ovadyah  significa "Servo de El" que alguns traduziram por ou Abidias

Visão de Obadias: "Assim diz Adonai  Elohim a respeito de Edom*:  Temos ouvido a pregação do Adonai e foi enviado as nações um emissário, dizendo: Levantai-vos e levantemo-nos, contra ela para a guerra. Eis que te fiz pequeno entre as nações, tu és muito desprezado.  A soberba do teu coração te enganou, como o que habita nas fendas das rochas, na sua alta morada, que diz no seu coração:Quem me derrubará em terra? SE te elevares como águia e puseres o teu ninho entre as estrelas, dali te derrubarei, diz o Adonai.  Se viessem a ti ladrões ou assaltantes de noite (como estás destruído...), não furtariam o que lhes bastasse? Se a ti viessem os vindimadores, não deixariam algumas uvas?”  
Como foram rebuscados os bens de Esaú! Como foram investigados os seus tesouros escondidos!  Todos os teus confederados te levaram até a fronteira; os que gozam da tua paz te enganaram, prevaleceram contra ti; os que comem o teu pão puseram debaixo de ti uma armadilha; não há nele(Esaú) entendimento.
Porventura não acontecerá naquele dia, diz Adonai, que farei perecer os sábios de Edom e o entendimento do monte de Esaú?  E os teus poderosos, ó Temã, estarão atemorizados, para que do monte de Esaú seja  cada um exterminado  pela  matança.  Por causa da violência feita a teu irmão Jacó (Iaco´v = Israel), cobrir-te-á a confusão e serás exterminado para sempre.
No dia em que o confrontaste, no dia em que estranhos levaram cativo o seu exército e os estrangeiros entravam pelas suas portas e lançaram sortes sobre Jerusalém, tu eras também como um deles.  
Mas tu não devias olhar com prazer para o dia de teu irmão, no dia do seu infortúnio; nem alegrar-te sobre os filhos de Judá, no dia da sua ruína; nem alargar a tua boca, no dia da angústia;  Nem entrar pela porta do Meu povo, no dia da sua calamidade; sim, tu não devias olhar satisfeito o seu mal, no dia da sua calamidade; nem lançar mão dos seus bens, no dia da sua calamidade.  Nem parar nas encruzilhadas, para exterminares os que escapassem nem entregar os que lhe restassem, no dia da angústia.
Porque o dia do Adonai está perto, sobre todos as nações; como tu fizeste, assim se fará contigo a tua recompensa voltará sobre a tua cabeça.
Porque, como vós bebestes no Meu Santo Monte, assim beberão também de contínuo todos as nações; beberão, sorverão e serão como se nunca tivessem sido.
Mas no monte Sião haverá livramento e ele será Santo e os da casa de Jacó (Iaco´v =Israel) possuirão as suas herdades.
E a casa de Jacó (Iaco´v = ISRAEL) será fogo, a casa de (Iosef = )José uma chama e a casa de Esaú palha e se acenderão contra eles e os consumirão ninguém mais restará da casa de Esaú, porque o Adonai o falou.
E os do sul possuirão o monte de Esaú e os das planícies, os filisteus possuirão também os campos de Efraim e os campos de Samaria e Benjamim possuirá a Gileade.
E os cativos deste exército, dos filhos de Israel, possuirão os cananeus, até Zarefate; e os cativos de Jerusalém, que estão em Sefarade, possuirão as cidades do sul.
E subirão salvadores ao monte Sião, para julgarem o monte de Esaú; então o Reino será do Adonai.

 

* Edom (hebreu : אֱדוֹם, Edom, ʾĔḏôm, "vermelho") é um nome dado a Esaú na Bíblia  bem como à nação descendente dele. O nome da nação em assírio foi Udumi; em siríaco ܐܕܘܡ; em grego Ἰδουμαία, Idoumaía, e em latim, Idumæa ou Idumea, de onde vem o termo português Idumeia.  Os edomitas foram um grupo tribal vizinhos de Judá ao sul, de língua semítica habitantes do Deserto de Negev e do vale de Arabá do qual é hoje o sul do Mar Morto e vizinho ao Jordão. A região tem muitos arenitos avermelhados, o que pode ter levado à origem do nome "Edom". A nação de Edom é conhecida por ter sobrevivido aos séculos VIII e IX a.C, e a Bíblia o data muitos séculos antes desses. Provas arqueológicas recentes podem indicar uma nação Edomita tão antiga quanto ao Século XI a.C., . A nação deixou de existir com o estado estabelecido com as Guerras judaico-romanas.








sexta-feira, 16 de novembro de 2012

EXAMINE VOCÊ TAMBÉM









Shalom Chaverim, onde estiverem.


Desde julho de 2003, que conheci o “Caminho de volta para casa” (através de pessoas que vou sempre ser grata por isto) e com certeza TUDO mudou e ainda vai mudar em minha vida ISTO é uma coisa bem patente que procuro lembrar e nunca esquecer.  A impactação sobre conceitos doutrinários errados nos quais fui criada (e até me formei em uma faculdade), por ignorância de onde cresci aprendendo, não foram fáceis de suplantar. Quem estar perto de mim (embora pense que me conhece... Porque só se conhece ALGUEM, se o Eterno lhe mostrar e fizer você conhecer, SE quiser buscar este dom) sabe o quanto eu sofri e até continuo sofrendo lutando, para sobreviver, depois de ter trilhado todas as “vielas escusas, chamadas caminho” desde a magia (etc...etc...etc... o que não vem ao caso e nem edifica) até ser alcançada por UM, que sempre é cheio de Misericórdia e que nos colocou aqui, para aprendermos e aprimora nosso caráter físico e espiritual. Para isto nos deixou um compêndio de esclarecimentos chamado Tanahc, o qual por conveniência e comodismos nem consultamos, pois já “estamos na graça”, aliás, ela nunca esteve fora da humanidade desde o Édem, mesmo sem aceitarmos. 

Mas, creio que o que mais impede as pessoas de ENXERGAR, é o seu “eu”, pois preferimos sempre colocar conhecimentos já aprendidos (mesmo que sejam errados) como escopo de defesa para não abrir a mente, olhos e “coração” (neste caso sentimentos, emoção ou se quiserem, a fé) para descortinar o que sempre esteve diante de nós e NUNCA quisemos por puro comodismo e auto-suficiência receber e aceitar.  SIM, nós somos tão egoístas, falsos, e desamoráveis (embora só falemos no amor, que em sua maioria ninguém nem sabe o que é, fora do sexo e da paixão ou de gestos em forma de coração...) que é muito mais fácil agredir, destratar, desconsiderar e tentar manipular os que lhe rodeiam e que tanto já ajudaram, do que PARAR, PENSAR, PONDERAR, PESQUISAR, ESTUDAR PROFUNDAMENTE E ACIMA DE TUDO, ORAR E PEDIR AO TODO-PODEROSO: ESCLARECE-ME, POIS ESTOU CHEIO DE OUVIR SERES HUMANOS... Mostra-me, SE para “voltar para casa, voltar às veredas antigas” também é preciso R O M P E R totalmente com conceitos doutrinários forjados, paradigmas e até ficarmos em duvidas quanto a nossa própria fé?  (nisto não falo por mim, pois esta FÉ, nunca foi e nem nunca será abalada, pois eu sei EXATAMENTE em Quem creio, aliás, foi ALGO que aprendi no sofrimento e nas trilhas erradas nas quais cruzei e que infelizmente muitos poucos andaram...) Responde-me por caridade.

Algum tempo atrás, (sem ainda conhecer e crer no que HOJE facilmente foi assimilado pelo meu viver) eu disse em publico para uma multidão e repito agora: BOM SERIA QUE PARA DESCER (Jr. 18), ESVASIAR-SE E RECEBER A VERDADE COMO ELA É, TODOS NÓS FOSSEMOS PASSADOS NUM LIQUIDIFICADOR E REFEITOS POR MÃOS QUE REALEMNETE SABE AMAR, PARA APREENDERMOS SEM NOSSOS ínfimos questionamentos, tão soberbos e falhos, MAS QUA AGENTE TEIMA EM DEFENDER, continuando num erro.

SIM, estou muito triste e decepcionada.

Abandonei minha própria vida (já que financeiramente posso viver onde o Eterno permitir e eu desejar...), renunciei tudo, vindo e sabendo que ia ser desprezada por parentes e muitos que diziam serem irmãos, vim para um lugar onde as mentes são por demais cauterizadas no que ACHAM, embora sejam muito inteligentes para outras coisas (MAS, não me arrependo) para me dedicar ao conhecimento da PURA VERDADE (com pessoas que nunca chamei nem convidei a não ser para as Festas Bíblicas e públicas) que para alcançarmos precisamos “reciclar” o que tínhamos de mais valor (diante de nossos olhos e de nosso enganoso e falho coração) e tudo por quê?


Aqui onde ainda vivo, conheço “irmãos mais velhos” que deveriam ser Luz, já que são guardadores dos Oráculos, que são proporcionadores de festas pagãs porque “rola” muito dinheiro, vicio e prazeres aos quais muitos não querem abandonar.

SIM, estou muito triste e decepcionada.

Por saber com provas, que tem pessoas que há muito TUDO sabia e não quiseram nos ajudar porque em seu egoísmo não tiveram CORAGEM, e na real, é melhor ficar na ilusão desde que se mantenha o bom termo e a “amizade”... Por acaso um relacionamento mentiroso é AMIZADE?  Pois, para muitos “omissos de carteira e covardes” é melhor manter a falsa paz, do que mesmo corando de vergonha e sendo sem alternativa, até rude e sem rodeios no falar, já que a VERDADE só tem um CAMINHO: ELA DITA NUA E CRUA.

Sim estou muito triste e decepcionada.

Por vê pessoas que como eu (e muito mais) só nos querem ajudar, esclarecer pontos, e ter coragem como eu, de dizer:  SIM, PEÇO PERDÃO, PELO QUE TRANSMITI, apague tudo, ERA ISTO QUE EU PENSAVA SER A verdade, MAS AGORA ELA SE DESCORTINOU TOTALMENTE PARA MIM, AÍ ESTÁ na Internet PARA VOCÊS PESQUISAREM, COMPROVAREM E ESCOLHEREM.  Eu fiz isto no inicio quando voltei para esta cidade,  repito agora e sempre que for necessário.

Mas, AGORA, deixo com sua consciência, pois um dia mesmo com meus muitos e vários defeitos, vocês vão dizer: ela era IMPERFEITA mas, eu era feliz e não sabia.  Sabem por quê?  Eu tenho um PAI que me ama e a quem eu quero servir obedientimente e sem questionar. Por isso faço minha (sem merecer) as palavras em português bem claro, do grande Libertador, Moisés:

“Os céus e a terra tomo, hoje, por testemunhas contra ti, que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência, amando ao Adonai, teu Elohim, dando ouvidos à sua voz e apegando-te a Ele; pois disto depende a tua vida e a tua longevidade; para que habites na terra que o Criador, sob juramento, prometeu dar a teus pais, Abraão, Isaque e Jacó”. Dt. 30.19-20



Asnat Bat Yochanan